Home>Lifestyle>SER CRIANÇA
Lifestyle

SER CRIANÇA

Gabriela Carvalho 

Sobre ser criança e sobre o direito a ser criança; sobre ter infância e sobre o direito a ter infância, muito há a dizer… mas não “entrarei tanto nesse mundo”!

Muitas vezes a minha filha diz-me: «Mãe eu não quero crescer. Posso ficar pequenina para sempre?». E eu, que por vezes lhe respondo: “Podes filha. A mãe também não quer que tu cresças…”, gostava que existisse algum fundamento de verdade nisso…

Mas eles crescem… a verdade é que eles crescem a um ritmo demasiadamente rápido, numa auto-estrada do crescimento, onde só há um sentido, sem nenhuma saída opcional…

E ela vê-se a crescer… Vê-se a crescer nas roupas que já não servem e nos sapatos que apertam… Vê-se a crescer em chegar à torneira quando antes precisava de um banco…
Vê-se a crescer e pede para ficar pequenina… E isso dá-me algum consolo, alenta-me o coração…

Nunca sabemos se fazemos o correcto com os filhos, mas quando eles nos dizem que não querem crescer e querem ficar pequenos para sempre, talvez seja porque não devemos estar a “dificultar-lhes muito” poderem ser crianças… Pelo menos é isso que eu penso… Penso que quando ela me pede para não crescer, é porque se sente feliz como criança, porque gosta de ser criança, porque vive intensamente e positivamente ser criança… Eu penso assim…

Quantas vezes ouvimos crianças dizer que querem “ser grandes”, que “nunca mais crescem”?
Várias vezes…
Porque o dirão? Já se questionarão? Porque quererá uma criança pedir para crescer, para “ser grande”?
Quererá ela poder mudar alguma coisa na sua vida e por isso quer o “estatuto de adulto” para o poder fazer? E se assim é, o que quererá mudar?
Já pensaram sobre isto?

Mas uma moeda tem sempre duas faces…
E, por vezes, quando a minha filha me diz que não quer crescer, questiono-me:
– Será porque não quer ter «falta de tempo», como eu tantas vezes digo?
– Será porque não quer ter a mesma vida agitada que os pais têm?

Será por outro qualquer motivo que não aquele que me dá algum consolo e alenta o coração?

As crianças, ai as crianças…. Que seres maravilhosamente capazes de nos pôr constantemente à prova e nos fazer pensar em tudo e em nada…


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.