Cultura, Literatura e Filosofia

TUDO A SEU TEMPO…

Raquel Evangelina

Para quem, tal como eu, quer sempre tudo em cima do acontecimento por vezes é difícil aceitar que tudo tem o seu tempo e que as coisas acontecem quando têm que acontecer. Por vezes andamos a um ritmo tão acelerado que não percebemos porque é que certos acontecimentos não acompanham a nossa rapidez.

Já houve tempos em que achei que as coisas tinham que ser no imediato. Que se não fosse naquele momento nunca seria e confesso que por vezes ficava super ansiosa e desanimada quando via que algo não corria como esperava. Achava sempre que tinha que estar ao ritmo dos outros. Que havia uma idade para ir para a faculdade. Para sair de casa dos pais. Para ter o emprego de sonho. Para muitas coisas na vida.

E nada me angustiava mais que ver os outros a cumprir os objetivos no tempo estabelecido e eu não.  Acreditem que quando se tem esta ideia pré-fabricada que há timings para tudo é super angustiante e frustrante nós não os cumprirmos.

Depois cheguei a um tempo da minha vida que decidi deixar de me culpar a mim própria por não andar no tempo dos outros. Que não faz mal que tenha começado a tirar a minha licenciatura quando os meus colegas já a tinham acabado. E também não faria mal se não a tirasse. Que não é culpa minha se com a idade que tenho ainda não estou com a vida estabilizada como gostaria. Porque não há idade para isso. Há pessoas que nascem com as oportunidades na mão. Outras demoram mais tempo a agarrá-las. Mas está tudo bem. E é normal que enquanto as minhas amigas estejam todas na fase de casar ou ser mães ou ainda ando aqui a pensar o que vou fazer da minha vida amanhã. E não sou menos que elas por isso.

Tudo tem o seu tempo. Demorei a aceitar isto. Ainda hoje quando me torno mais ansiosa quando não vejo os resultados que quero tento colocar isto na minha cabeça. Tudo tem o seu tempo. E se não aconteceu até agora não quer dizer que não aconteça. Acontecerá quando tiver que ser. E só peço calma quando o desespero de não ver resultados, acontecimentos ou projetos chegar. E fé para acreditar na vida e confiar nas voltas que ela dá. Porque tudo chegará na hora certa. Ou como diria Saramago: “Sempre chegamos aonde nos esperam.”


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.