Home>Cidadania e Sociedade>DINÂMICA NA ASSOCIAÇÃO AJUDA ANIMAIS EM AMARANTE
Cidadania e Sociedade

DINÂMICA NA ASSOCIAÇÃO AJUDA ANIMAIS EM AMARANTE

Susana Ferreira
Este ano tornei-me membro da Associação Ajuda Animais em Amarante, e como tal, fui integrada na página dos voluntários da associação. A dinâmica dos voluntários é incrível… A forma como se organizam para tratar de dois abrigos é de louvar. Todos os voluntários tem trabalhos e vidas pessoais, que eles “sacrificam” em prol dos animais. Para quem só sabe criticar na página das associações, informem-se bem sobre o trabalho brilhante que estes voluntários fazem.
É preciso gerir medicações, ração, mantas e bens essenciais básicos. Limpar todos os animais, verificando sempre o estado das fezes, se comeram ou não. Se estão bem dispostos… Tem alguma ferida? O tratamento está a correr bem? Está a ser devidamente administrado e registado? A medicação chega até ao final do tratamento? E a medicação crónica que nunca pode faltar? É preciso lavar mantas e camas?
A juntar a tudo isto é necessário angariar dinheiro e ração para conseguir tratar e alimentar os animais dos abrigos.
A parte ainda mais complicada… gerir as 1500 chamadas de pedidos de ajuda que chegam durante a semana. Gerir as mais urgentes, tentar perceber se temos capacidade para ajudar. Animais feridos, doentes, maltratados, abandonados, rejeitados por aqueles que um dia lhes juraram amor para sempre.
As contas nos Veterinários crescem a passos largos… não temos dinheiro para pagar as despesas do mês… Mas continuamos a não ficar indiferentes aos pedidos de ajuda.
Há que arregaçar as mangas e tentar arranjar formas de ganhar dinheiro para ajudar nas despesas. Organizamos uma cãominhada com oferta de lanche. Cada voluntário fez uma iguaria, conseguindo preparar um banquete. O saldo final está longe de ser espectacular, mas todos os euros fazem diferença.
Mas a parte mais dura é gerir a parte emotiva e psicológica… como ficar indiferente ao sofrimento destes animais? Como conseguimos lidar diariamente com o lado mais negro dos Humanos… Nunca esquecemos, fechamos os olhos para dormir e as imagens terríveis que acompanhamos diariamente assombram-nos.
Não conseguimos ajudar todos? Não. Sentimos que somos más pessoas por não conseguir ajudar todos? Há dias que sim, outros que não, mas na verdade lá fundo todos sabemos que não somos culpados. Somos pequenos anjos que dedicam o seu pouco tempo livre a ajudar os animais que mais precisam. Podemos não ser perfeitos … mas damos o nosso melhor diariamente, por eles …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.