Home>Cidadania e Sociedade>ANTI-BREXIT É AGORA ANTI-BORIS
Cidadania e Sociedade

ANTI-BREXIT É AGORA ANTI-BORIS

Em 20 de julho, eu e milhares de outras pessoas foram às ruas do centro de Londres em um protesto não apenas contra o Brexit, especialmente um Brexit sem um acordo, mas também contra o Boris Johnson.

Diogo Costa

Boris Johnson, ex-presidente de Londres e representa o distrito londrino de Uxbridge e South Ruislip, é visto como um mau candidato, não só de membros do público, mas também de alguns membros de seu próprio partido. No entanto, é provável que ele vai se tornar o líder do partido conservador e, posteriormente, como por tradição política britânica será convidado pela Rainha para vir ao Palácio de Buckingham e ser nomeado primeiro-ministro por Sua Majestade.

Boris prometeu deixar a UE até 31 de outubro, independentemente de termos ou não um acordo. O parlamento tem tentado impedir um Brexit sem um acordo e até tentou impedir o primeiro-ministro de suspender o Parlamento antes do dia Brexit (Boris ameaçou os deputados com isso para que deixássemos a UE sem o envolvimento do Parlamento).

Mas como Secretário de Relações Exteriores, ele não fez muitos aliados na Europa, então a ideia de que ele possa renegociar o acordo parece improvável. E o público está bem ciente de que o Reino Unido não está preparado para sair sem um acordo.

Só o tempo dirá… Eu e um grupo de socialistas europeus assistiram ao protesto e aqui estão algumas fotos do dia.

One thought on “ANTI-BREXIT É AGORA ANTI-BORIS

  1. Diogo Costa, ficamos a saber que foi a uma manifestação.
    Não percebemos a relação e relevância desse facto para o tema.
    Quando andei nas ilhas, também vi muitas coisas.
    Uma a que fui (Irlanda), tive o privilégio de ter uma guia que sabia mais da história de Portugal do que eu, mas não é difícil.
    Os nossos “amigos” britânicos de longas décadas, sempre tiveram uma visão do mundo pouco paralela à nossa.
    Colonizaram, neo-colonizaram e quando ficava mal para a saúde, um gin tónico tratava do assunto.
    Agora a receita já está de difícil aplicação.
    Até já andam, mais uma vez no outro mundo, a experimentar com Jack Daniels.
    Vamos lá ver se desta vez “God save the queen”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.