Home>Cidadania e Sociedade>A EDUCAÇÃO COMO UM DOS MAIS IMPORTANTES PILARES DA SOCIEDADE
Cidadania e Sociedade

A EDUCAÇÃO COMO UM DOS MAIS IMPORTANTES PILARES DA SOCIEDADE

Márcia Pinto

A educação é um dos pilares mais importantes de uma sociedade!

Desta forma, é com muita apreensão que tenho seguido o número crescente de casos de violência nas escolas portuguesas. Violência física e verbal com os professores, assistentes e para com os pares.

Contudo, os nossos governantes continuam a considerar como residuais todos os acontecimentos, o que é no mínimo lamentável! Talvez porque estejam demasiado ocupados com o custo das retenções até ao 9 ano de escolaridade… Sim, a principal preocupação não é o sucesso dos alunos, mas o custo de cada um!

Desta forma, é transmitida uma ideia de facilitismo aos alunos e de impotência para os professores.

No entanto, esta situação não é nova, já há muito que os professores têm que alterar notas “forçados” pelo conselho de turma, para que o aluno transite. Aluno esse que durante o ano, na maioria dos casos, não demonstrou qualquer interesse pela escola, foi indisciplinado e no final é premiado com um transitar de ano.

Assim, este acumular de situações leva a um desgaste físico e emocional da classe docente, o número de baixas psiquiátricas têm aumentado substancialmente, os jovens não querem seguir um curso superior na área do ensino. Temo que num futuro próximo haja uma crise de professores no nosso pais.

Neste sentido, é necessário que os nossos governantes deixem de ver a escola como uma empresa e reconheçam o valor dos professores, devolvendo-lhes o respeito e autoridade perdidos.

Porém, a responsabilidade da indisciplina nas escolas não é só dos nossos agentes governativos, é em primeiro lugar dos pais e encarregados de educação.

A educação começa em casa. Hoje em dia as crianças não estão habituadas a ouvir o não!

Os pais para não perderem muito tempo com os filhos cedem a todos os caprichos, é mais fácil ceder sempre do que dizer não e ter que aturar as birras.

Assim, estamos a criar uma geração de crianças e jovens mimados e arrogantes, que não reconhecem a autoridade dos seus superiores!

Eu, enquanto mãe tento educar a minha filha com os princípios e valores necessários que lhe permitam viver em sociedade da forma mais correta.

Enquanto professora, temo pelo que o futuro reserva para mim, para os meus colegas e para a profissão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.