Home>Saúde e Vida>SAÚDE ORAL E A DIABETES
Saúde e Vida

SAÚDE ORAL E A DIABETES

Sandra Sampaio 

Sabemos que a diabetes é uma doença com grande prevalência na nossa população. É uma doença que inicialmente é silenciosa. E como todos sabemos afeta o nosso organismo de múltiplas maneiras.

A cavidade oral não escapa. Os seus portadores têm maior probabilidade de contraírem cáries, gengivites, periodontites, disfunção das glândulas da saliva, doenças da mucosa e infeções orais, halitose, xerostomia, candidíase, entre outras.

Se a nossa saúde oral estiver deprimida, a nossa alimentação também ficará. É que gengivas inflamadas e cáries provocam dores na mastigação, logo, má alimentação.

Eu gosto de vincar e digo muitas vexes: nós somos o que comemos!

Nas nossas consultas ouvimos dizer: “As minhas gengivas sangram, mas sempre foi assim.”. Não, não deve ser assim!

Por favor, quem tiver um diagnóstico de diabetes deve informar o seu médico dentista, pois estes doentes têm que fazer uma avaliação muco-dentária que inclua exame periodontal completo. Quando a gengiva sobe também o osso também sobe. O check-up é obrigatório para que a periodontite não se instale e se ela já estiver presente, ser controlada.

Na consulta nós, médicos dentistas, temos protocolos adaptados ao doente diabético.

É necessária, por vezes, uma comunicação entre o médico-assistente do paciente e o médico dentista. Para determinadas intervenções, como cirurgias, a diabetes deve estar controlada e com cobertura antibiótica obrigatória. As consultas devem ter um tempo reduzido e preferencialmente durante a manhã.

O seu médico dentista pode ser o seu grande amigo na prevenção e combate da diabetes, pela promoção da saúde oral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.