Home>Saúde e Vida>COVID-19 – ATENÇÃO PORTUGUESES, É HORA DE MUDAR HÁBITOS!
Saúde e Vida

COVID-19 – ATENÇÃO PORTUGUESES, É HORA DE MUDAR HÁBITOS!

Ana Marinho Soares

No passado sábado pedi que partilhassem a minha advertência sobre as medidas protetoras contra a infeção por COVID-19, de forma a alcançar o maior número de Felgueirenses. Agradeço a todos os que contribuíram para que a minha mensagem chegasse tão longe.

Apenas quatro dias se passaram e foram vários os acontecimentos relacionados com esta temática rastilhado pelo aparecimento de vários casos de COVID-19 em várias localidades do nosso país. Agora, é imperativo que a informação e que o cumprimento das medidas protetoras, sejam conhecidas e cumpridas não apenas por todos os Felgueirenses, mas por todos os Portugueses.

Mantenho a obrigação moral de alertar porque continuo ainda ao dia de hoje a ver pessoas que ridicularizam a situação e ignoram as importantes medidas preventivas.

Preocupa-me ainda a falta de humildade e de solidariedade das pessoas perante este assunto quando há tantos avisos vindos de Itália. Os Italianos foram apanhados no meio da tempestade, mas nós estamos bem no inicio do chuvisco…Se tivermos a humildade de aceitar que temos de mudar hábitos, podemos passar do chuvisco ao sol novamente.

A desvalorização das medidas protetoras individuais podem levar a mais contágios por imprudências evitáveis.:
O que têm de fazer é muito pouco…
1- Deixem de espirrar e tossir para o ar…. é sempre, sempre para o braço
2- Lavem as mãos muitas vezes, e é fundamental lavar sempre as mãos antes de tocar no rosto, antes de comer, depois de mexer em algo que passe por “muitas mãos” como o dinheiro por exemplo
3-Não cumprimentem ninguém com aperto de mão e não dêem beijinhos a ninguém! Mesmo aos vossos pais, avós, filhos, não dêem beijos…
4- Depois de limparem o nariz deitem o lenço logo ao lixo
5- Se estão de quarentena… façam a quarentena!!!
6- Se tiver tosse, febre, falta de ar e viajou recentemente ou esteve em contacto com um caso de COVID 19 deve ligar para a linha 24 (não deve ir nem ao centro de saúde nem à urgência hospitalar)
7- Evitem multidões, estar em sítios fechados com muita gente e fique por casa sempre que possível.
8- Aconselho os cafés, lojas comerciais, serviços e outros locais com grande afluência de pessoas, a reforçarem a desinfeção regular de todas as superfícies, não esquecendo as maçanetas das portas.
9- Muitos não têm acesso à informação adequada, principalmente os mais idosos (que são também os que mais riscos correm). Transmitam-lhes todos os cuidados que eles devem ter; sejam portadores das medidas preventivas que eles devem tomar.
10- Evite viajar para fora do país.
11- Não acredite em tudo o que lhe aparece à frente! A desinformação pode ser muito perigosa. Procure informação fidedigna em local fidedigno. Se quiser saber mais sobre o assunto consulte o site da Direção Geral de Saúde (https://www.dgs.pt/corona-virus.aspx ).
12- Nada de pânico! Concentrem-se em fazer estas medidas todas bem. Nós sabemos que em média uma pessoa infetada transmite a doença a duas ou a três pessoas. Nós podemos ser mais rápidos que a infeção se cada um de vocês fizer tudo direitinho e passar a mensagem a 3, 4, 5 pessoas que também façam tudo direitinho e por sua vez cada uma delas faça tudo direitinho e continue a transmissão de informação adequada, quebrado assim muitas, muitas correntes de transmissão
13- Não pense que só os outros têm de cumprir as medidas, não pense que “as coisas só acontecem aos outros”, com humildade e inteligência, aprender com os Italianos para não seguirmos esse caminho… e o caminho começa no seu caminho… chegou a hora de mudar os seus hábitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.