Home>Saúde e Vida>A MEDICINA DENTÁRIA E A COVID-19
Saúde e Vida

A MEDICINA DENTÁRIA E A COVID-19

Sandra Sampaio

A pandemia que estamos a atravessar, e que todos queremos que passe e de vez rapidamente, deixou lamentáveis perdas e algumas feridas que nos próximos tempos serão difíceis de cicatrizar.

Muitas pessoas afetadas diretamente pelo contágio do vírus e outras indiretamente sofreram e sofrem as consequências de saúde e económicas. A Medicina Dentária foi e é igualmente atingida.

Como em momentos igualmente árduos no passado, os profissionais de saúde e em particular os médicos dentistas, pelo sua dinâmica e altruísmo no dever da profissão, transmitiram e continuam a transmitir uma mensagem de confiança e esperança no futuro.

Não descorem a vossa saúde oral.

Não tenham medo de se dirigirem ao dentista.

As medidas tomadas por indicação das entidades competentes, nomeadamente Direção Geral da Saúde (DGS) e Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), que eram já tidas em conta pelos profissionais, permitem, agora que os consultórios podem voltar a estar abertos sem ser para casos de comprovada urgência, a retoma dos bons cuidados de saúde oral.

Tenham, como sempre tiveram, no vosso(a) médico(a) dentista um amigo, que zelará sempre pela vossa saúde e bem-estar.

Há diversas profissões de risco, sendo a Medicina Dentária também avaliada por Lei como de elevado risco. Qualquer bom profissional não iria deixar a sua saúde, dos seus assistentes e dos seus pacientes desfraldada.

Mantenham-se saudáveis e confiantes! Todos vamos ficar bem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.