Home>Saúde e Vida>A OBESIDADE SOB O PONTO DE VISTA PSICOLÓGICO – O EXCESSO DE PESO, COMO UM SINTOMA
Saúde e Vida

A OBESIDADE SOB O PONTO DE VISTA PSICOLÓGICO – O EXCESSO DE PESO, COMO UM SINTOMA

Vera Costa

A obesidade tem sido frequentemente, apelidada como a Epidemia do séc. XXI. Esta tem um impacto importantíssimo na saúde física do individuo, por potencializar a probabilidade de desenvolver outras patologias associadas ao excesso de peso (e.g., diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares, entre outras). Também tem tido bastante ênfase, no que ao sector financeiro diz respeito, pois os custos com a Obesidade e as diversas patologias a ela associada tem sido alvo de várias pesquisas e reflexões. Desta forma, a “obesidade pode ser considerada uma doença epidêmica de consequências comprometedoras tanto para a saúde física quanto para a saúde mental. Este distúrbio revela desordens físicas e psíquicas que se manifestam através do corpo. Assim, a obesidade é uma “manifestação de doença e sintoma” (Motta, 2011).

No entanto, menos frequente e clara, têm sido a perspectiva desta patologia sob o ponto de vista da saúde mental. No âmbito psico-emocional, a obesidade frequentemente se apresenta como reflexo de um sintoma psicológico. Isto é, numa vertente simplista, o obeso é um indivíduo demasiado cheio, vivendo um vazio infinito… De acordo com diversas correntes, relativo à Obesidade, dever-se-á levar em conta vários aspectos psicológicos presentes na pessoa com excesso de peso, havendo uma relação entre o excesso de peso, aspectos culturais e os aspectos emocionais ligados ao comportamento alimentar. O tratamento da obesidade vai além do campo médico e clínico, tendo também uma vertente psicológica com enfoque psicanalítico, onde a obesidade é o reflexo de sintomas psicológicos inconscientes de forma a resistir a pressões e angustias vividas pelo individuo, durante o seu desenvolvimento psíquico.

Desta forma, para alguns indivíduos, o alimento se transforma no objecto das relações dessas pessoas. O alimento perde o seu papel essencial de nutrição e passa a ser uma forma de aliviar a ansiedade e os medos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.