Home>Lifestyle>ALERGIAS NOS ANIMAIS
Lifestyle

ALERGIAS NOS ANIMAIS

Susana Ferreira
Entramos numa altura do ano propícia ao desenvolvimento de alergias. A concentração de alergéneos no ambiente atinge o seu pico entre a primavera e o verão. A relva, ácaros, pulgas, pólens são alguns exemplos de alergéneos que podem afectar os nossos animais de estimação. A dermatite atópica, como é denominada a patologia desenvolvida por alergéneos de origem desconhecida, é cada vez mais frequente nos nossos animais de estimação.
Quais são os principais sinais das alergias?
Seguem alguns exemplos:
– prurido;
– pele vermelha;
– orelhas com parede espessada e vermelha, com muito prurido;
– lamber os espaços interdigitais de forma intermitente;
– edema de face e/ou membros;
– olhos mais vermelhos e lacrimejantes;
– espirros;
– borbulhas por todo o corpo;
Quando não tratadas as alergias podem tornar-se problemas graves. É importante também diferenciar as alergias de outros problemas de saúde com os mesmos sintomas.
Existem, hoje em dia, no mercado vários produtos para o tratamento das dermatites atópica, sendo muitas vezes um desafio para o Médico Veterinário e tutores. Os animais podem melhorar e piorar. Podem deixar de responder às terapêuticas e ser necessário reajustar constantemente as terapêuticas a aplicar.
Muitas vezes, os tutores trocam de Médico Veterinário, na esperança que algum descubra uma forma eficaz de controlar o desespero e as lesões que os animais apresentam.
Cada caso é um caso e deve ser avaliado regularmente e preferencialmente pelo mesmo Médico Veterinário. Tenha presente, que é uma patologia difícil de tratar, dispendiosa e a maioria das vezes muito prolongada no tempo.
Esteja atento ao seu animal e caso este apresente alguns dos sintomas referidos, contacte o seu Médico Veterinário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.