Home>Saúde e Vida>QUANDO O MEU ANIMAL COME O QUE NÃO DEVE – O QUE FAZER?
Saúde e Vida

QUANDO O MEU ANIMAL COME O QUE NÃO DEVE – O QUE FAZER?

Susana Ferreira

Se o seu animal tem por costume roer e comer brinquedos, plásticos, roupa entre outros, deve ter atenção redobrada. A ingestão de corpos estranhos não deve ser desvalorizada nunca. Se o seu animal come um objecto é importante vigiar as fezes e o comportamento geral do animal. Se o animal manifesta dor abdominal, desconforto, vomita, não come e começa por ter diarreia, deixando de defecar terá de ir ao Médico Veterinário urgentemente.

Vou relatar um caso clínico de um Teckel, de 8 meses de idade. Tutora liga-nos a relatar que o animal ingeriu uma meia de lycra. As meias de lycra são muito perigosas, pois entrelaçam-se facilmente, causando obstrução no intestino, podendo levar a ruptura intestinal, com consequente peritonite, septicemia e morte o animal. O animal foi observado e realizou-se RX não se observando sinais de obstrução, fez terapia de suporte e vigilância. No dia seguinte, o animal ficou demasiado prostrado, deixou de fazer fezes, realizou-se RX (não conseguimos marcação para ecografia), sinais obstrutivos. Após análises pré-cirúrgicas avançamos para cirurgia no próprio dia. Tivemos que realizar enterectomia, tendo retirado uma porção de intestino que apresentava necrose significativa. Durante uma semana foi necessário forçar o animal a alimentar-se e cuidados médicos diários. Após uma semana o animal começou a alimentar-se sozinho e fazer fezes normais.

Caso não se tivesse avançado com a cirurgia o animal teria morrido. Tenham muita atenção à ingestão de corpos estranhos por parte dos vossos animais.

(Fotografias in loco)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.