Home>Lifestyle>A BOINA FEMININA NA HISTÓRIA DA MODA
Lifestyle

A BOINA FEMININA NA HISTÓRIA DA MODA

Clara Morais

É um acessório intemporal, que acrescenta não só um charme a mais ao visual, como também uma certa dose de creatividade e personalidade.

Geralmente relacionam-se as boinas como um acessório típico das francesas, pois ela é um forte ícone de estilo dessas mulheres, principalmente nos anos 60.

Contudo, as boinas surgiram muito antes disso. A “beret” (boina francesa), era usada no período renascentista pela realeza e aristocratas. Nesse período, elas estavam relacionadas a um “símbolo de prestigio”, e eram confeccionadas com veludo, jóias e plumas.

Por volta do século XVIII, este modelo de chapéu começou a popularizar-se entre os camponeses do país Basco, entre o norte da Espanha e o sudoeste da França. Ganhou importância em 1889, ao ser adoptada pelos caçadores franceses, e posteriormente tornou-se uma peça característica do uniforme militar.

Com a industrialização no século XIX, a boina passou a ser produzida de forma industrializada, e associada ás classes trabalhadoras de França e Espanha.

Essa produção aumentou enormemente nos anos 20, quando os americanos passaram a usá-la como um acessório de moda desportivo.

A partir dos anos 30, a boina francesa começou a destacar-se na moda feminina. A popularidade deste acessório, deveu-se em parte ás divas do cinema como Greta Garbo, Jean Harlow, Marlene Dietrich, Bette Davis, Lauren Bacall, entre outras, que utilizaram o acessório “ hit” nas décadas de 1930 e 1940.

Nos anos 60, a boina conquistou ícones de moda e reaparece conferindo grande glamour aos looks de Brigitte Bardot, Faye Dunaway, Grace Kelly, Audrey Hepburn e Marilyn Monroe, que a usavam como referência á “época de ouro” de Hollywood.

Tornou-se também símbolo de intelectuais e artistas ( por ex. Picasso), e revolucionária (Che Gevara).

É, sem dúvida, um acessório que transporta uma referência francesa, um ar intelectual e de artista do universo boémio.

Existem vários modelos de boinas que podem mudar completamente um visual básico.

Boinas de “tricot”– São delicadas e perfeitas para serem usadas no inverno. Além do toque “fashion,” ainda ficará quentinha e protegida do frio. Uma boa ideia é combinar com um cachecol.

Boinas tipo “quepe” – É um modelo mais estruturado, inspirado em peças militares e da marinha. Ideal para um visual prático, para usar no dia a dia.

Boina francesa – A tradicional e intemporal boina que fica bem não só com sobretudo e bota, mas também com um vestido.

Para as amantes deste acessório, é um investimento seguro para obter um visual mais interessante e “fashion”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.