Home>Saúde e Vida>QUE PESSOAS SÃO OS ACUMULADORES?
Saúde e Vida

QUE PESSOAS SÃO OS ACUMULADORES?

Isabel Pinto da Costa

Um acumulador é um paciente que apresenta um transtorno obsessivo-compulsivo. É alguém que tem por hábito encher a sua casa, o seu local de trabalho, com objetos que não precisa, com revistas, jornais velhos, lixo, ou mesmo até animais. Estes comportamentos, muitas vezes, comprometem a própria saúde e higiene da pessoa.

O acumulador estabelece uma relação de adoração com os objetos, precisa de os manter, não consegue desfazer-se deles, ama esses objetos. Os objetos acumulados normalmente são encontrados no lixo, mas os acumuladores acham que eles podem ser muito necessários na sua vida, e no futuro até podem ser muito valiosos.

O acumulador compulsivo apresenta os seguintes sinais:

Dificuldade em deitar os objetos fora, mesmo que tenha muitos iguais;
Acumula objetos em todos os locais da casa;
Manifesta medo de perder os objetos;
Sente que não pode deitar o objeto ao lixo porque pensa que o mesmo vai ter utilidade no futuro;
É muito desorganizado em relação aos seus pertences.
Os acumuladores são pessoas muito sozinhas, pois têm vergonha do aspeto da sua casa, que é desorganizado, logo apresentam maior propensão para manifestarem ansiedade e depressão.

Em casos excessivos podem acumular animais, o que torna a vivência nas suas casas com poucas condições, até de saúde pública e higiene.

Como ajudar estas pessoas? Que tratamento existe para um acumulador? Enquanto Psicóloga Clínica recomendo as terapias comportamentais, onde o Psicólogo tem que ajudar o paciente a encontrar as causas que levam à vontade de guardar compulsivamente os objetos, reduzindo assim a ansiedade do paciente.

Também, para além da psicoterapia, que deve realizar com o Psicólogo Clínico, deve ter um acompanhamento psiquiátrico para complementar o tratamento com o antidepressivo. Este permite ao paciente evitar o desejo de acumulação compulsiva.

Um acumulador não pode ser confundido com um colecionador. Muitas vezes, quando confrontado, ele dá essa desculpa, mas é só para se esconder atrás do seu transtorno, pois são coisas completamente diferentes. Um colecionador não tem nenhum transtorno é uma pessoa saudável que tem orgulho em mostrar a sua coleção, é organizado, um acumulador tem um transtorno, é desorganizado em esconder os objetos que vai acumulando, porque sabe que é errado.

Não se conhece a causa exata que leva a terem esse transtorno, mas pode estar associado a fatores genéticos ou mesmo à vivência de situações stressantes na sua vida, isso especialmente nesta época que nos encontramos, ou seja, a proximidade do natal.

Viva com calma, viva o espírito natalício e não acumule na sua vida nada que não lhe possa ser útil.

Bom Natal para todos vós e acumulem apenas afetos!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.