Home>Cultura, Literatura e Filosofia>CRÓNICA SOBRE UM LIVRO NOVO RECHEADO DE MISSÕES INTEMPORAIS
Cultura, Literatura e Filosofia

CRÓNICA SOBRE UM LIVRO NOVO RECHEADO DE MISSÕES INTEMPORAIS

Helena Coutinho
A crónica deste mês pretende, acima de tudo, servir de lembrete para a importância dos livros no desenvolvimento pessoal e social. E alertar para a necessidade comum de investimento em formação (e educação) sobre primeiros socorros e suporte básico de vida.
No final de 2020, um dos anos mais atípicos da humanidade, decidi avançar com a publicação de um livro cujo título é: “A missão Íris e a magia do conhecimento”, que se destina, de forma particular, ao público infantojuvenil mas não só. Escrevi este livro com o intuito de cativar miúdos e graúdos e de evidenciar a urgência de aprender a agir perante situações em que alguém precisa de socorro. E a talentosa ilustradora, Carla Anjos, ajudou a enriquecê-lo com mais vida e cor.
Sete são os dias da semana e sete são as histórias contidas neste livro, ao longo das quais é possível ser-se cativado para cenários e sensações de todas as idades e estações do ano. Além de poder contribuir para ajudar a salvar mais vidas, este livro poderá servir como uma ferramenta de apoio, tanto em casa como em contexto escolar, para abordar e fundamentar a importância do papel de cada um na missão de cuidar do próximo, no dia-a-dia, prestando atenção a sinais de alerta relacionados com a saúde física e mental.
Íris é a personagem principal deste livro, uma “menina-milagre”, inteligente e sonhadora, que nasceu com o dom de semear coisas boas por onde passa, entre as quais se destacam a partilha de conhecimentos e a valorização dos sentimentos. “Os seus olhos abrigam dois girassóis mergulhados em mel e os seus longos cabelos negros, suaves como seda, perfumam o ar com aroma de alfazema.”
O altruísmo e a arte das palavras são os superpoderes da Íris e da sua autora. Uma espécie de magia com a qual ambas acreditam que ainda é possível salvar, pelo menos, meio mundo!
“_ O que é uma depressão, mãe?
 _ É uma ferida invisível, filha.
 _ E como se cura?
 _ Com a ajuda de pessoas como tu!”
(Para obter mais informações sobre o livro, por favor, pesquisar, no Facebook, a página com o título referido.)
#missaoiris
#salvarmaisvidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.