Cultura, Literatura e Filosofia

A RAPARIGA NO GELO

Raquel Evangelina

Hoje trago de sugestão o livro “A Rapariga no gelo”, de Robert Bryndza.

Segundo a sinopse, “Quando um rapaz descobre o corpo de uma mulher debaixo de uma espessa camada de gelo num parque do sul de Londres, a inspetora-chefe Erika Foster é imediatamente chamada para liderar a investigação. A vítima, uma jovem bela e rica da alta sociedade londrina, parecia ter a vida perfeita. No entanto, quando Erika começa a investigar o seu passado, vislumbra uma relação entre aquele homicídio e a morte de três prostitutas, encontradas estranguladas, com as mãos amarradas, abandonadas nas águas geladas de outros lagos de Londres.”

Foi a minha estreia com o autor. E todos os meus conhecidos, que já leram obras dele, avisaram-me que depois iria querer ler os outros. Para uma fã de thrillers, policiais e reviravoltas finais, como eu, este livro foi um regalo.

A escrita é fluída, sem se tornar maçuda, e sem partes aborrecidas, fazendo-nos querer saber sempre mais. Por isso, e outras características, lê-se de um sopro, apesar das 300 e muitas páginas. 

Trata-se de um crime e, não obstante todos os mistérios e quebra cabeças inerentes, não é difícil de acompanhar, mesmo para quem não tem por hábito a leitura.

A melhor parte? A reviravolta final ao revelar a pessoa culpada. Mas… não me posso alongar mais porque não gosto de ser spoiler.

A todos os que gostam de mistério, de querer sempre saber mais, de thrillers com adrenalina, recomendo os livros de Robert Bryndza, sendo que “A Rapariga no Gelo” é uma boa obra para se iniciarem no mundo do autor.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.