Home>Lifestyle>#SRA.ESPERANÇA E SR. AMOR
Lifestyle

#SRA.ESPERANÇA E SR. AMOR

Isabel Pinto da Costa

– Boa tarde, SR. Amor! – disse a Sra. Esperança – Quando é que tudo melhora? Quando é que a guerra na Ucrânia acaba? Quando é que a gasolina e o gasóleo param de subir? Quando é que os bens alimentares baixam? Quando é que os ordenados sobem?

– Para isso, os teus olhos tinham de ver o mundo de forma diferente! – responde o SR. Amor.

A Sra. Esperança intrigada volta a perguntar: “Diferentes como?”.

– Com um brilho e um olhar de fé, de perspetiva otimista do futuro, de um futuro onde os direitos humanos estão a ser cumpridos e a igualdade entre as classes sociais não é esquecida – responde o SR. Amor.

A Sra. Esperança continua com dúvidas e pergunta mais uma vez ao SR. Amor: “Que direitos SR. Amor?”.

– Da liberdade, justiça e da paz no mundo, considerando que o desrespeito se reflete em atos

bárbaros como existem na guerra na Ucrânia, Sra. Esperança. – respondeu o SR. Amor.

– Mas SR. Amor, – continuou a Sra. Esperança – o aumento da gasolina e do gasóleo foi por

causa da guerra?

– Não, Sra. Esperança, aí os direitos humanos/económicos não foram protegidos pelos seus

governantes, mas não foi por culpa da guerra! Reinou o império de quem está no poder, é quem manda à revolta do povo, é pena, mais uma vez não vencer a vontade do coração. – responde o SR. Amor.

– SR. Amor, achas que ainda vamos a tempo de todos termos uma vida capaz de ter qualidade de vida, com saúde, bem-estar, incluindo alimentação, cuidados de saúde, emprego, serviços sociais, que garantem a nossa segurança e da nossa família? – pergunta a Sra. Esperança.

– Se conseguires ver através dos teus olhos e ainda tiveres amor no teu coração. – responde o SR. Amor.

– Então SR. Amor, o segredo é ver através do amor do coração com os olhos carregados de esperança nesta época Pascal! – responde a Sra. Esperança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.