Literatura

DA FLOR DE JANEIRO NINGUÉM ENCHE O CELEIRO

Podia dizer que me encontro cheia de ânimo para o novo ano que começa. Mas não seria verdade. Não agora, que os dias são escuros e frios, que temporais infinitos agitam os corações do mundo. Eu nunca poderia sentir-me cheia de ânimo no mês de Janeiro, em nenhum mês de Janeiro dos que até hoje vivi (falo dos que tenho memória). Além do clima frio, do mês interminável, com dias
Política

EM QUE ESTADO ESTÁ A UNIÃO?

Sempre que um Partido vai a eleições, tenham elas um carácter de maior ou menor debate político e programático, quando saem os resultados, todos se apressam a apregoar a União como bandeira para o sucesso do mandato que se inicia. Ultimamente tem sido possível assistir a uma confusão de conceitos que a muitos podem passar despercebidos mas cuja compreensão é essencial para a prática da higiene democrática. Muitas vezes, os
Política

LE PS EST MORT. VIVE LE PS !

Nous savons le piètre état de santé et les tristes états d’âmes du Parti socialiste français. La séquence électorale 2017 a été rude : une défaite terrible qui clôture la fin d’un cycle historique, celui du Congrès d’Épinay, la plus haute instance du Parti (11-13 juin 1971), qui donna le « la » de la conquête du pouvoir en 1981, grâce à l’Union de la gauche dont François Mitterrand aura
Cidadania e Sociedade

SUPERNANNY

O tema é polémico e está na ordem do dia. Quanto à polémica, já lá vamos. Comecemos, pois, pela discussão que foi suscitada pelo programa e que não deixa de ser algo para que o professorado vem alertando há algum tempo – a parentalidade. Já não é de agora que se ouvem expressões como “eduquem-se primeiro os pais, para depois se conseguir educar os filhos”. A parentalidade mudou. A família
Saúde e Vida

AH?!? PODES REPETIR, NÃO OUVI BEM

“AH? Podes repetir, não ouvi bem” é uma frase que todos nós ouvimos, quase todos os dias e até com relativa frequência. Em alguns casos refere uma falta de atenção, mas noutros pode indiciar problemas em ouvir. A audição à semelhança dos outros 5 sentidos, são capacidades dotadas de um forte mecanismo adaptativo. Afinal de contas são elas que nos permitem interagir com o mundo exterior e adaptar ao meio
Cidadania e Sociedade

PORTUGAL, «WE HAVE A PROBLEM»

Dizem as estatísticas hoje divulgadas, que em 2017, morreram mais 24 mil portugueses relativamente ao número de nascimentos ocorridos nos últimos 12 meses. Estamos a perder gente, sem que se perspetive uma estratégia nacional, uma mudança de paradigma tendente a inverter a perda populacional, estimulando a natalidade. Em 2080, já cá não estarei de certeza, mas nesse ano, a este ritmo de decréscimo do número de nascimentos, serão menos cerca
Filosofia

AS FRANJAS DO DESESPERO

O desespero envia-nos para lá do sofrimento, a angústia amarra-nos ao paradoxo de viver e nesta dupla encenação subjectiva se vai tecendo a trama do ser humano: humano, porque assim o designamos nós, a meio caminho entre a divindade e a besta ou entre a besta e a divindade, que a ordem dos termos não é arbitrária. Pelo desespero, damo-nos conta da necessidade de ascese e, no percurso escatológico, forçamos
Arte

MÚSICA E MÚSICOS DA GUINÉ-BISSAU

Na Guiné a música acompanha tudo e todos desde o nascimento até à morte. Tudo é motivo para chamar as vozes e os instrumentos musicais, independentemente da etnia. O nascimento celebra-se ao som de música; o início da idade adulta (Fanado) implica naturalmente música; as colheitas iniciam-se e concluem-se com cerimónias musicadas; o pedido de casamento e a cerimónia em si, obrigatoriamente decorrem ao som da música; a morte, celebrada
Economia

INTERNACIONALIZAÇÃO COMO NOVO PARADIGMA EMPRESARIAL

Na atual conjuntura empresarial e no quadro da globalização, a internacionalização surge como uma potencialidade quase que obrigatória explorar. Têm sido imensos os recursos disponibilizados pelos quadros comunitários para que as empresas europeias se potenciem e consigam competir nesta era de globalização através de investimentos na internacionalização e de qualificação dos seus quadros. O PT 2020 e o H 2020 são hoje ferramentas utilizadas pelas empresas que querem assumir-se no
Política

O SENTIDO DE ESTADO QUE FALTOU

A atual política doméstica está carente de homens e mulheres com ideias políticas inovadoras, que tenham uma postura responsável e moderna, e um forte sentido de Estado. Muitos dos políticos das últimas gerações, que agora se sentam na cadeira do poder, obviamente não sabem, mas também nunca quiseram saber, o que é o sentido de Estado. Os cidadãos que não estão envolvidos na política ativa têm uma visão distante do