Cidadania e Sociedade

DE REPENTE…

Jorge Nuno De repente… os casos fraturantes no país, causadores de polémicas e descontentamento aguerrido, desaparecem como que por magia. De repente… deixa de se falar: – na extração de lítio em áreas protegidas, que apresenta consequências nefastas para populações e ambiente; – no futuro aeroporto internacional do Montijo, a criar na Reserva Natural do Estuário do Tejo, e nos restantes aeroportos do país, que habitualmente nos picos de tráfego,
Cidadania e Sociedade

ESPANHA – 1 SEMANA DE AVANÇO PARA QUE PORTUGAL SAIBA O QUE VAI ACONTECER

Ricardo Jorge Freitas Os portugueses podem comparar números com o caso espanhol, e é fácil de o fazer! Tenham em conta 2 factores: 1) Espanha leva 1 semana de avanço na quarentena em relação a Portugal. 2) Espanha tem 5 vezes mais população que Portugal, o que significa que dividindo por 5 os números de Espanha, podem sempre comparar o que pode passar com Portugal em 1 semana futura. Exemplo:
Cidadania e Sociedade

COVID-19 NA ARÁBIA SAUDITA

Nuno Rebelo Meus amigos em Portugal, Aqui na Arábia Saudita, segundo dados oficiais de 16/3/2020, existem 103 pessoas infectadas. É um numero bastante baixo, na minha opinião, dado o número de habitantes e a diversa origem dos residentes no país (para além dos sauditas, há milhares de pessoas do Egipto, Eritreia, Líbano, Jordânia, Emirados Àrabes Unidos, Índia, Paquistão, Malásia, Filipinas, Espanha, Itália, Reino Unido, Alemanha, América, entre outros tantos a
Cidadania e Sociedade

CORONAVÍRUS NO REINO UNIDO

Tiago Corais Irei começar o artigo por falar na ida aos supermercados, onde encontraremos, certamente, os mesmos problemas que em Portugal, as prateleiras de arroz, massas e enlatados vazias. Para espanto meu e sem ainda conseguir perceber a razão também aqui a prateleira de papel higiénico está vazia. Apesar de já não frequentar os espaços lúdicos, nem as principais ruas de Oxford, no café do supermercado vi muita gente descontraída
Cidadania e Sociedade

EMERGÊNCIA SOCIAL – EMERGÊNCIA ECONÓMICA

Rui Canossa Neste momento de emergência social que vivemos, por causa da pandemia provocada pelo Corona Vírus, há uma outra pandemia, esta económica, que se não for contida vai ter resultados imprevisíveis. A Comissão Europeia de um crescimento de 2.5% para o todo europeu já antecipa uma recessão de 1%, ou seja, uma perde de 3,5 pontos percentuais. É que a economia tem medo de tudo, quase hipocondríaca.  Do que aconteceu,
Cidadania e Sociedade

JUSTIÇA, SÓ EM RELATIVO ISOLAMENTO – OS PRAZOS CONTINUAM A CORRER

Sónia Veloso Lima Na última semana vimos a nossa vida ser assoberbada por mudanças sem precedentes, escolas fechadas, aplicação de trabalho à distância quando possível, entre outras. Não duvido que os nossos governantes estejam a fazer o que melhor sabem e podem, porém, esqueceram-se até à data dos Senhores Advogados e seus clientes, ao não decretar de forma imediata e explicita a suspensão dos prazos. A falta dessa suspensão, além
Cidadania e Sociedade

O VÍRUS QUE PROÍBE OS AFETOS

Isabel Pinto da Costa Os afetos estão cada vez mais a desaparecer entre as pessoas, cada vez mais as pessoas se privam de manifestar o que sentem, o que querem dizer aos outros. O que gostariam de viver e sentir pelo outro é dito através do toque e dos afetos e cada vez mais é substituído por mensagens, por videochamadas, por WhatsApp, por Facebook, por Instagram, ou seja, por redes
Cidadania e Sociedade

A DONA PRUDÊNCIA FOI AO ENTERRO

Jorge Nuno Há várias décadas conheci uma senhora que, quando falava, tinha a tendência de aproximar a mão da boca, chegando mesmo a tapá-la com frequência. Desde sempre, com o habitual desejo em tentar descodificar a linguagem corporal, fiz algumas conjeturas: resquícios da condição da mulher durante a ditadura do Estado Novo; insegurança pessoal, perante um interlocutor com quem não tinha um relacionamento de proximidade e pretendia deixar boa impressão
Cidadania e Sociedade

AS NOVAS TECNOLOGIAS E AS INTERAÇÕES FAMILIARES

Márcia Pinto Desde sempre me foi transmitido que as horas das refeições eram sagradas! Era o momento, principalmente o jantar, em que a família se reunia e tinha oportunidade de conversar, discutir algum problema que pudesse estar a incomodar algum membros da família. Contudo, a partir do momento em que a televisão começou a fazer parte “quase obrigatória” do mobiliário de praticamente todas as divisões das nossas casas, iniciou-se também
Cidadania e Sociedade

MEDIDAS DE APOIO AOS TRABALHADORES AFETOS AO COVID-19

Luís Teixeira O Despacho nº 2875-A/2020, adota medidas para acautelar a proteção social dos beneficiários que se encontrem impedidos, temporariamente do exercício da sua atividade profissional por ordem da autoridade de saúde, devido a perigo de contágio pelo COVID-19. As medidas de apoio aplicam-se aos trabalhadores da função pública, trabalhadores do sector privado e trabalhadores independentes (neste caso desde que contribuam para a Segurança Social), com exceção do trabalhadores aos