Cidadania e Sociedade

VAMOS COLHER AS FLORES QUE ABRIL PLANTOU

Anabela Borges Há 47 anos, eu tinha 4 anos. Não tenho memória alguma desse dia 25 de Abril de 1974. Mas podia ter, que eu tenho muitas memórias de quando era pequena. Desse dia específico, não tenho. Dos dias, meses e anos que se seguiram à Revolução, tenho muitas memórias – tenho sobretudo a memória da MUDANÇA. Porque tudo mudou à minha volta desde aí. Há um antes e depois
Cidadania e Sociedade

PURIFICAR VALORES DA NOSSA SOCIEDADE?

Jorge Nuno Parte IV (englobada numa crónica com quatro partes) Pode-se dissertar sobre os efeitos da escravatura, da primeira globalização mundial, da Guerra Colonial, da descolonização, ou de muito mais… desde que seja feito o devido enquadramento em cada época. Agora, até se pode anteceder oito séculos e abordar: a criação deste país, a partir do condado portucalense, com aquele que viria a ser o primeiro rei de Portugal, depois
Cidadania e Sociedade

ATIVDADE ECONÓMICA 2021

Rui Canossa A atividade económica, em muitos setores, aumentou e adaptou-se parcialmente às restrições da pandemia. A distribuição de vacinas, embora desigual, está a ganhar impulso e o estímulo dos governos, especialmente nos Estados Unidos, vai proporcionar provavelmente um grande impulso à atividade económica. Mas as perspetivas de crescimento sustentado e sustentável variam amplamente entre países e setores. A implantação de vacinação mais rápida e eficaz em todo o mundo
Cidadania e Sociedade

INJUSTIÇA DA JUSTIÇA?

José Castro Não há dúvida que o acontecimento mais mediático, para além do sempre tema de fundo da Pandemia e dos inerentes danos colaterais das vacinas, foi a “Decisão Instrutória” do juiz Ivo Rosa. Ouvi uma parte da súmula dessa decisão em direto, e como qualquer ignorante nestes assuntos pouco percebi e fiquei à espera “por palavras simples” da conclusão da mesma na comunicação social. Foi essa conclusão que gerou
Cidadania e Sociedade

A CORRIDA ÀS VACINAS E OS SINAIS DA CRISE HUMANA

Regina Sardoeira Esta crónica vai ter características diferentes das que me são habituais. Percebi que, de vez em quando, escrever textos no Facebook produz controvérsia e que alimentá-la um pouco pode gerar confronto de ideias do qual é possível extrair resultados. Decidi, então, tomar como base os textos que publiquei, há uns dias , citar alguns comentários mais expressivos e construir, deste modo,  a minha crónica. Comecei assim: 8 de
Cidadania e Sociedade

TECNOLOGIA EM TEMPOS DE CRISE

Rui Canossa Em tempos de incerteza, de crise a todos os níveis como este que vivemos, é importante duplicar as áreas em que pode controlar e garantir que o serviço ao cliente e experiência sejam tão refinados quanto possível. Muitos setores viram o seu crescimento ser reduzido e, com isso, a retenção de clientes torna-se crítica para a sobrevivência. A tecnologia em primeiro lugar. O efeito que a tecnologia tem
Cidadania e Sociedade

A POLÍTICA COMO MOTE PARA ALGO MAIOR – UM IDEAL

Mateus Oliveira A chegada de Abril faz surgir os primeiros vislumbres do que serão as eleições deste ano. Também eu, nesta dualidade de fascínio constante pela política e revolta permanente pela politiquice, me envolverei num projeto que, obviamente, me alimenta o sonho de ver a minha terra assumir finalmente a sua essência (sempre a essência) e o seu enorme potencial e real valor. Mas não é sobre isso que vos
Cidadania e Sociedade

PURIFICAR VALORES DA NOSSA SOCIEDADE?…

Jorge Nuno Parte II (englobada numa crónica com quatro partes)  Em Portugal, há ondas de intolerância e de preconceitos com a história, que chocam, por exemplo, com a [ainda] visão glorificadora e saudosista de um império que se esfumou e que tinha sido preservado durante cinco séculos. Esta parte II da crónica, aborda um tema que tem sido tabu – a descolonização. Sente-se que são muitos os portugueses, ao longo
Cidadania e Sociedade

CONJUNTURA MACROECONÓMICA PORTUGUESA

Rui Canossa Em 2020 a economia portuguesa sofreu uma contração histórica de 7,6% face a 2019. Em 2021, a retoma será mais modesta que o esperado, com o PIB – Produto Interno Bruto a recuperar mais lentamente, sendo, curiosamente a previsão do FMI – Fundo Monetário Internacional, a mais otimista com o PIB português a crescer 6.5%. A própria previsão do Ministério das Finanças, inscrito no Orçamento de Estado de
Cidadania e Sociedade

CONGRESSO DEBATE HUMANIZAÇÃO E INCLUSÃO NO ENSINO À DISTÂNCIA

Celmira Macedo Nos próximos dias 12 e 13 de março realiza-se o Congresso online "Humanizar o Ensino Digital”, com o objetivo de refletir sobre a educação e o ensino em tempos de pandemia. Desde março de 2020, milhares de crianças e jovens, com e sem necessidades educativas, ficaram privados de um ensino de qualidade e muitos deles perderam as suas terapias. No painel estarão presentes a Secretária de Estado da