Cidadania e Sociedade

DEFICIÊNCIA: SÉCULOS DE ESTÓRIAS DE (DES)ENCANTAR

Celmira Macedo Ouvimos muitas vezes dizer que inclusão é uma realidade. Que a era da discriminação, do preconceito e da rejeição há muito que colapsou. Dizem-nos também, como se de uma certeza se tratasse, que as políticas atuais, as ações sociais e as atitudes individuais mudaram a sociedade em que vivemos. Será? Vejamos a evolução desta temática do ponto de vista histórico e que permitiu (ou devia ter permitido) essa mudança social. 
Cidadania e Sociedade

BULLYING VS. AGRESSÃO VERBAL

Isabel Pinto da Costa Quem nunca na sua vida não passou já por uma forma de bullying ou teve o conhecimento de uma forma de bullying de alguém que lhe é próximo? Este ocorre quando alguém magoa ou humilha outro, de forma repetida. Para podermos dizer que existiu bullying contra uma criança, um jovem ou um adulto, tem que haver por parte de quem o pratica um desequilíbrio de poder,
Cidadania e Sociedade

HÁ DIAS ASSIM!…

Jorge Nuno Portugal deixou de ser o melhor destino turístico do mundo. Empresários da restauração criaram o movimento “Sobreviver a Pão e Água”, alguns entraram em greve de fome e admite-se que 43% das empresas deste setor avança para insolvência, caso não haja apoios imediatos. Está limitada a circulação entre concelhos. Mais de 80% dos hotéis no Algarve estão encerrados. Com atraso no programa Ferrovia 2020, IP – Infraestruturas de
Cidadania e Sociedade

ADOÇÃO RESPONSÁVEL COMO PRENDA DE NATAL

Susana Ferreira Com o Natal aumentam exponencialmente as vendas de animais. Escolhe-se a espécie, raça, cor, género, entre outras características. Todos querem um animal perfeito para oferecer. Mas será que um animal deveria ser um presente? Adquirir um animal é um compromisso por longos anos. Compromisso esse, que implica abdicar de algumas coisas, fazer mudanças em casa, mudar muitas vezes mentalidades, arranjar tempo para lhes dedicar, que hoje em dia
Cidadania e Sociedade

PME REINVENTAM-SE E DIGITALIZAM-SE

Rui Canossa A economia nacional sofreu um revés com a pandemia e algumas pequenas e médias empresas (PME) lutam pela sobrevivência. Mas também são muitas as que estão a conseguir ultrapassar a crise e a enfrentar com resiliência as contingências da atualidade. Neste processo, a transformação digital marca pontos e mostra a sua relevância. O otimismo que dominava no início deste ano a performance positiva das empresas nacionais, com destaque
Cidadania e Sociedade

ESCOLA: SERÁ UM LOCAL SEGURO? ORA LEIA… FALAMOS, HOJE, DE BULLYING

Isabel Madureira Todos os dias, nas nossas escolas, são reportados casos de violência, uns graves e, naturalmente, outros, menos graves. O que é facto é que a violência existe e não a podemos camuflar, caso contrário ela avança a olhos vistos. Pela minha experiência, há sempre a tendência a desvalorizar a violência, seja ela contra alunos, seja contra professores e funcionários. Importa, então, definir o conceito de violência, em primeiro
Cidadania e Sociedade

POR UMA SOCIEDADE SEM VIOLÊNCIA

José Castro Em Portugal, consultando os relatórios da APAV (Associação Portuguesa de Apoio à Vítima) relativos a 2019, constatamos que em termos de violência, a mulher é sempre a principal vítima, quer em termos de homicídios (76%) quer em termos de vítima de crime (81%). Mesmo no namoro nos casos de violência denunciados, constata-se que cerca de 90% das vítimas são mulheres. Se em Portugal o número de vítimas até
Cidadania e Sociedade

O NEGACIONISMO CIENTÍFICO

Luís Coelho Para uma maioria "normativa", negar a ciência é negar a própria realidade. Para uma minoria "desadaptada", negar, ou questionar, a ciência constitui o genuíno exercício do cepticismo. Porque este deve, sobretudo, duvidar da intrínseca capacidade de conhecer. Na medida em que este "conhecer" inclui um auto-conhecimento que não pode ser efectuado por completo. Isso seria ir ao "exterior" de que se duvida. Assim, o negacionista não nega, somente,
Cidadania e Sociedade

CASA DE POBRE, ENERGIA DE RICOS

Mateus Oliveira Li, na secção de Economia do Jornal Expresso, que a “Classe média portuguesa tem das piores casas da Europa”. Segundo dados do Eurostat, apenas o Chipre – um país 12 vezes menor que nós – tem casas com piores condições que as nossas. As principais causas apontadas no estudo são o ruído, a humidade, a falta de luminosidade, e o baixíssimo conforto térmico. Sabe, quem me vai lendo
Cidadania e Sociedade

O QUE ESPERAR DO OE PARA 21?

Rui Canossa O Orçamento de Estado (OE) para 2021 tenta afastar a ideia de que não existe austeridade, sim, ainda não me convenceram, com uma carga fiscal de 35%, mas também não é um documento expansionista. Na verdade, parece um OE à Mário Centeno, levado agora a cabo por outro protagonista, João Leão. É um orçamento que, após um superávite de 0.1% em 2019, tenta combater o défice de 7.3%