Cultura, Literatura e Filosofia

A RAPARIGA NO GELO

Raquel Evangelina Hoje trago de sugestão o livro “A Rapariga no gelo”, de Robert Bryndza. Segundo a sinopse, "Quando um rapaz descobre o corpo de uma mulher debaixo de uma espessa camada de gelo num parque do sul de Londres, a inspetora-chefe Erika Foster é imediatamente chamada para liderar a investigação. A vítima, uma jovem bela e rica da alta sociedade londrina, parecia ter a vida perfeita. No entanto, quando Erika
Cultura, Literatura e Filosofia

PURIFICAR VALORES DA NOSSA SOCIEDADE?

Parte I (englobada numa crónica com quatro partes) Jorge Nuno Continua a assistir-se – por vezes de forma extremada –, a uma polarização entre a visão glorificadora de um império que se esfumou e que tinha sido preservado durante cinco séculos, sentindo-se desalento, frustração, até mesmo raiva, com necessidade de apontar o dedo acusador e, por outro lado, uma tentativa de criminalização do nosso passado, como nada tendo de glorioso,
Cultura, Literatura e Filosofia

HUMANIDADE, PARA ONDE VAIS?

Regina Sardoeira Os homens, no seu todo, e logo a humanidade, conquistaram muito, ao longo dos séculos, tanto que sentiram, a certa altura, que a Terra lhes pertencia, exclusivamente. Tornaram-se, por isso, uma espécie de tiranos, opondo-se aos restantes seres, dominando-os, escravizando-os, invadindo os seus territórios, numa ânsia desmedida de sobreposição absoluta. Foram esquecendo verdades fundamentais, ludibriando a sua própria necessidade, verdades directamente ligadas ao solo que desbravavam e transformavam
Cultura, Literatura e Filosofia

CRÓNICA SOBRE UM LIVRO NOVO RECHEADO DE MISSÕES INTEMPORAIS

Helena Coutinho A crónica deste mês pretende, acima de tudo, servir de lembrete para a importância dos livros no desenvolvimento pessoal e social. E alertar para a necessidade comum de investimento em formação (e educação) sobre primeiros socorros e suporte básico de vida. No final de 2020, um dos anos mais atípicos da humanidade, decidi avançar com a publicação de um livro cujo título é: "A missão Íris e a
Cultura, Literatura e Filosofia

CONTRADIÇÕES

Regina Sardoeira Agora que todos os meios de comunicação social, decerto carenciados de notícias, nos lembram, com intensidade e muitas imagens, o início desta nova situação que vivemos - e chanam-\lhe todos aqueles nomes já tornados comuns - , eu reflicto acerca dela também. Não o faço por questões de efeméride, mas na medida em que, após a surpresa inicial (quem diria que seríamos deste modo condicionados por obra de
Cultura, Literatura e Filosofia

OUVIR. O SILÊNCIO.

Anabela Borges Há um uivar persistente de cão que afecta gravemente o silêncio. É um o uivar lento e doloroso, altamente assoberbado de fantasmas e de futuro. O silêncio seria quase puro. Mas assim não é. Cada um tem os seus segredos. As pessoas passam por certas coisas na vida que ninguém pode saber; ninguém pode fazer parte das coisas que são do mais interior e do mais resguardado de
Cultura, Literatura e Filosofia

«NO MEIO DO NADA»

Maria João Covas Quando se fala de literatura e de dar opinião sobre livros, regra geral estamos à espera de ler sobre autores conceituados, ou pelo menos, já com uma carreira. De facto, todos os autores sobre os quais tenho escrito e referido nesta coluna são pessoas com carreiras reconhecidas, ou, pelo menos, pessoas conhecidas. Hoje vou falar sobre um primeiro livro de uma autora que, tenho a certeza, vai,
Cultura, Literatura e Filosofia

O TEMPO DA GRANDE ANTÍTESE

Regina Sardoeira No livro "O pensamento complexo", Edgar Morin destaca dois possíveis factores que podem desviar as mentes do real entendimento do pensamento complexo. O primeiro refere-se ao engano de acreditar-se que a complexidade conduz à eliminação da simplicidade. Segundo Morin ela – a complexidade - realmente surge na falha da simplicidade, mas “integra tudo aquilo que põe ordem, clareza, distinção, precisão no conhecimento” (p.6). O pensamento complexo agrega todos
Cultura, Literatura e Filosofia

A GRÉCIA ANTIGA E O SÉCULO XXI

Regina Sardoeira Penso na Grécia Antiga e nas primeiras investigações científicas e filosóficas de que há notícia, e imagino, na lonjura dos séculos VI-V a.C. , um mundo ainda jovem, uma natureza jucunda e saudável, pulsante e aberta à observação e ao deleite. 26 séculos depois, observo um mundo envelhecido, com o desgaste revelado à evidência. Um mundo onde as primeiras respostas, cuja verdade não foi desmentida mas somente adaptada
Cultura, Literatura e Filosofia

O QUE É A FILOSOFIA? – UMA PERGUNTA EXTEMPORÂNEA

Regina Sardoeira Deparei-me há pouco com um artigo cujo desafio inicial era a pergunta: "O que é a Filosofia?" Esta pergunta, tantas vezes repetida, soou-me estranha, nas linhas dessa leitura. Como é possível, tantos séculos depois de terem sido inventados, quer a palavra, quer o conteúdo, haver uma tal ignorância, uma espécie de má vontade, um tremendo equívoco, relativamente a esta área de estudos tão densa e tão antiga quanto