Lifestyle

ABANDONASTE TU, OU FOSTE ABANDONADO ANTES?

Pontualmente é noticiado o abandono de idosos, em números que nos chocam pela sua dimensão. São deixados nos hospitais, ou vivem com a solidão nas suas casas, isolados do mundo, sem alguém que lhe interrompa a monotonia dos dias com uma sopa, um jornal ou uma conversa, dedicando-lhe parte do seu tempo, corredor dos dias que passam atarefados e sem travão. O que significa isto, o que se conclui com
Lifestyle

É PRIORIDADE SER PRIORIDADE?

No passado Domingo, de manhã, fui com a minha mãe às compras (essa parte do dia parece a mais indicada para fazer compras sem uma multidão por perto a fazer o mesmo), quando chegamos, ao parque de estacionamento, deparamo-nos com lugares vazios, à excepção dos lugares para pessoas com deficiência. Nenhum tinha o documento que, por lei, lhes daria direito a isufruir daqueles lugares. O mais interessante (e estou a ser
Lifestyle

FALSOS AMIGOS

 O fracasso, a dor, a doença aproxima as pessoas, provoca solidariedade e, por vezes, pena - como se fosse um género de empatia social. Mas nem sempre é. Começa a ser preocupante a forma como é abordado o estatuto família, amigos, conhecidos ou colegas, com as nossas crianças, principalmente, antes de entrarem nas redes sociais onde todos somos amigos. Elas crescem confusas, sujeitas a frustrações e, não raras as vezes,
Lifestyle

MINHA MÃE – MEU UNIVERSO

Desde sempre que a minha mãe é o centro do meu Universo. Dotada de um conhecimento estranhamente adquirido, como que por artes mágicas, desde o dia do meu nascimento, usufruo de tão nobre sabedoria até aos dias de hoje. As mães são seres raros e insubstituíveis. Ora fortes, ora frágeis. Ora chorosos, ora indestrutíveis. Por vezes zangam-se e ralham connosco. Tenho tantas saudades de ouvir um bom ralhete. Os melhores
Lifestyle

A FÉ QUE NOS MOVE

Maio é um mês de fé. É um mês em que as pessoas rumam a pé para Fátima. Algumas por desporto outras por promessa. É também o mês em que se realiza uma festa em Resende que para os meus pais é tão ou mais valiosa que o Natal, o 4° Domingo de Maio na freguesia de Santa Maria de Cárquere. Uma romaria que dura um fim de semana com
Economia Lifestyle

REDES SOCIAIS E MERCADO DE TRABALHO

O mundo está cada vez mais digital e as redes sociais são uma ferramenta para a nossa vida profissional com cada vez mais empresas a começarem aí a sua seleção de pessoal. É no LinkedIn que as empresas começam a procurar os candidatos ideais. Profissionalmente, é a rede “generalista” mais importante e já supera os 500 milhões de utilizadores. O Facebook é o vencedor incontestado na quantidade de utilizadores, são
Lifestyle

SOL QUE ME AQUECES

Chego à porta e vejo-a ao sol. Admiro o seu copo esbelto e aprecio a sua tonalidade num raiar de castanhos em degradé. Ela não me vê e aproveita a sua solidão para aproveitar o prazer que o calor do sol lhe traz, oferecendo todo o seu corpo aos raios que a atingem sem dó. Rebola, ajeita-se, espreguiçasse e deleita-se com aquela oferenda. Eu fico quieta a aproveitar todo aquele
Lifestyle

AS MINHAS VITAMINAS

Neste mundo déspota e cruel, Portugal não é o paraíso que todos pensam ser! Vivemos subjugados à ganância, à corrupção e à avidez pelo poder dos governantes que regem as leis do nosso país! Discutem o aumento das reformas para mais uns euritos, enquanto eles deixam os seus cargos com reformas chorudas e ainda assumem altos cargos em grandes empresas públicas e privadas. Desta forma, contribuem para o desemprego nacional,
Lifestyle

NOME? MÃE!

Não é um tema inédito, mas sendo mãe, no dia de hoje quase se impõe por si só! Pois é, neste mundo da maternidade, não sou nem serei, a única que ouve o seu nome substituído pela simples e doce palavra “mãe”. E esta mudança de “identidade” começa exatamente no momento seguinte ao nascimento do pequeno ser que transportamos em nós durante 40 semanas! De repente um “mãe aqui está
Lifestyle

MADRASTA OU “MÁ-DRASTA”

Há coisas que não esperamos na vida. Não esperamos, por exemplo - ou já não esperamos -pelo príncipe encantado, porque entretanto desistimos da ideia ou, na melhor opção, porque ele até já chegou. Talvez não num cavalo branco, que os tempos são outros, e há que deixar algum espaço ao improviso, senão, se é tudo como esperado, rapidamente caímos na rotina. E essa, dizem os mais experimentados, é letal, ainda