Saúde e Vida

SISTEMA NACIONAL DE SAÚDE HUMANIZADO

Antonieta Dias Os avanços tecnológicos associados às técnicas médicas, têm contribuído para que os cuidados prestados aos pacientes se tornem cada vez mais diferenciados, com melhor qualidade e com maior sucesso. Saber cuidar é uma virtude que associa ciência, arte e humanidade. Têm sido incansáveis as metodologias e os propósitos de todos os profissionais da saúde. O êxito alcançado tem por base a dedicação, o amor ao próximo, o respeito
Saúde e Vida

EVITAR DOENÇAS DE VERÃO

Antonieta Dias Faz parte da tradição dos médicos prestar cuidados diretos aos seus doentes de forma continuada e abrangente. Todavia, a tragédia desta pandemia que estamos a viver e que parece não mais ter fim tem vindo a colocar em perigo a saúde dos nossos queridos pacientes que evitam recorrer ao acompanhamento tradicional global e preventivo do controlo das suas patologias e da vigilância antecipada da supervisão sensata, humana e
Saúde e Vida

UM MEDICAMENTO CHAMADO ÁGUA – CAMPEÃO DA PREVENÇÃO

Ana Marinho Soares  Chegou o tempo do sol intenso e do calor, altura em que o risco de desidratação aumenta. Nos idosos este risco é maior e as consequências podem ter um grande impacto na sua saúde. Em média devemos beber cerca de 2 litros de água  por dia. Quando digo isso aos meus utentes, muitos respondem-me "mas eu não tenho sede...". O que lhes explico então é que com
Saúde e Vida

AFTAS – QUE SITUAÇÃO DESAGRADÁVEL

Carla Guimarães Cardoso Pelo menos uma vez na vida, todos nós tivemos uma afta. A afta é uma úlcera da cavidade oral. Uma úlcera caracteriza-se como uma solução de continuidade de uma superfície mucosa ou cutânea, isto é há uma perda de substância com desintegração e necrose dos tecidos. Quando ocorre na cavidade oral observa-se uma perda de mucosa formando-se uma escavação coberta por uma fina camada de fibrina (o
Saúde e Vida

MEDICINA DE CATÁSTROFES

Antonieta Dias As catástrofes fazem parte da história da humanidade, cuja regularidade no seu aparecimento é muito incerta. Todavia,  nestas últimas décadas o ritmo  de aparecimento tem sido mais frequente e as características  cada vez mais perigosas e destruidoras. As causas destas mudanças são devidas aos factores climatéricos, à dimensão urbana, à conflitualidade e ao crescimento demográfico. O Homem desde sempre mantém uma constante adaptação e uma interação permanente para conseguir viver
Saúde e Vida

DÓI-ME O OUVIDO! E AGORA?

Carla Guimarães Cardoso A dor de ouvido é uma das queixas mais comuns em otorrinolaringologia, particularmente nas crianças. Contudo, nem sempre a dor de ouvido é de causa otológica, ou seja, nem sempre o ouvido é o responsável pela dor de ouvido. Neste caso é usado o termo otalgia, ou seja uma dor de ouvido com causa externa a este. O termo otodinia é aplicado quando a causa da dor
Saúde e Vida

VAMOS FALAR DE ASMA

Antonieta Dias A asma é uma doença crónica que surge com frequência e exige um acompanhamento muito especial por parte dos médicos de família. Certo é que alguns doentes são assistidos também por outras especialidades designadamente por pneumologistas ou alergologistas. Na primavera surgem muitas agudizações quando existem alergias associadas.No relatório da Global Initiative for Asthma (GINA) a asma é definida por uma história clínica  de sintomas respiratórios, cuja intensidade pode variar ao
Saúde e Vida

INJEÇÕES INTRAVÍTREAS COMO MODALIDADE TERAPÊUTICA PARA ALGUMAS PATOLOGIAS OCULARES

Ivo Gama É possível uma pessoa necessitar de “injeções nos olhos” para tratamento de doenças oculares?     Sim, é possível, dependendo da patologia e da situação clínica da mesma. Uma das modalidades terapêuticas em Oftalmologia constitui a administração de injeções intravítreas, ou seja, injeções de medicamentos / substâncias farmacológicas próprias para serem introduzidas na “gelatina” que existe no interior do globo ocular.  São usadas para tratar várias doenças em Oftalmologia como:
Saúde e Vida

DOENTES CARDÍACOS E A COVID19

Antonieta Dias O enfarte  agudo do miocárdio (“ataque cardíaco”) e os  acidentes vasculares cerebrais (AVC)  são patologias urgentes que exigem apoio médico imediato e cada segundo que passa pode  ser vital na recuperação destes doentes.   Sinais de alerta -ataque cardíaco- dor torácica,  palpitações, falta de ar, desmaio, acidente vascular cerebral , queda/assimetria da face, fraqueza do braço,  dificuldades de fala, são sinais importantes que requerem assistência hospitalar o mais atempada
Saúde e Vida

PREVENÇÃO DE ACIDENTES DOMÉSTICOS COM CRIANÇAS

Liliana Teixeira Os acidentes são causa principal de morte em crianças com mais de 1 ano de idade, sendo que os acidentes domésticos são os que acontecem com maior frequência, sendo, também, os mais previsíveis e possíveis de prevenção. A criança aprende explorando e é da responsabilidade de quem cuida a vigilância e adoção de medidas preventivas, de forma a prever e evitar acidentes sérios, permitindo ao mesmo tempo, a liberdade